08/03/2009

Manifestação dos Professores

Mais uma vez os professores organizaram um protesto contra a política educativa do Governo e do Ministério da Educação.
Mais uma vez a Plataforma de Sindicatos mobilizou os professores e organizou um "cordão" que uniu o Ministério da Educação, na Rua 5 de Outubro, ao palácio de S. Bento onde se encontra instalado o Primeiro Ministro e a Assembleia da República. O cordão terminou na AR com uma concentração com os cerca de 10 000 professores que participaram no protesto. Foi ontem, dia 7 de Março.Mais uma vez os professores, unidos, afirmaram que

  • É preciso defender a escola pública
  • É preciso defender a profissão docente
  • É preciso substituir o actual modelo de avaliação de desempenho
  • É preciso restituir às escolas a autonomia e organização democrática
  • É preciso uma boa legislação de concursos que dê estabilidade profissional aos professores
  • É necessário exigir a revogação das alterações às regras da aposentação
  • São necessárias políticas fiscais sérias
Foram estas, em síntese, as propostas que os professores entregaram aos grupos parlamentares dos partidos e ao governo.

5 comentários:

Anónimo disse...

http://republicalaica.blogspot.com/2009/03/concursos-e-albigecos-i.html

Eusébio? Comprado!
Capêlo? Comprada!
Seguem-se o PCP e BE?

Salva-se alguém da moranização acelarada?

Viva a Esquerda! Viva o PS!
Abaixo ala de extrema-direita analfabeta e tachista do PS.
Por um PS socialista.

Viriato disse...

A mensagem é um pouco confusa. Embora entenda algumas coisas, parece-me haver algo enquistado.
Algum ressentimento? Se calhar justo. Mas, justa não será a interrogação que é lançada aos que se seguem.Para mim que não pertenço a nenhum partido mas que tenho as minhas simpatias e onde sempre voto, tenho a certeza pelos exemplos dos seus valores em defesa de quem trabalha e mais necessita e pelo seu passado, que não está à venda.
Neste caso, não havendo certezas não é correcta a interrogação.
Viriato

Ricardo S. disse...

Concordo pleamente com Viriato. Acho incorrecto algumas das interrogações.
É um socialista insatisfeito com seu partido e com as trapalhices do Mourão. Mas,julgar que todos se vendem não é o mais certo. Existem outros caminhos.
Ricardo S.

Carlos Vale disse...

Conheço o autor da primeira mensagem o suficiente para pensar que não houve a intenção de colocar todos no mesmo saco das vendas(ou das compras),embora pareça.Daí compreender os reparos e também as certezas do Viriato. Penso que o Viriato,pela forma como colocou a questão se refere ao PCP e à CDU.Tem toda a razão o PCP e a CDU mantêm-se onde sempre estiveram,pugnando por melhores condições de vida das populações que mais têm sofrido com as erradas políticas,tanto do governo,como da autarquia.Estou convicto que o autor da primeira mensagem,a quem cumprimento,vai clarificar a questão.De certo modo,compreendo o que deve sentir com a grande desilusão.Mas...para grandes males, grandes remédios... De qualquer modo, felicito o Viriato pela sua clarividência e coerência.Muito bem observado.
Carlos Vale

Luís Norberto Lourenço disse...

Em resposta ao anónimo:

Luís Norberto Lourenço disse...

Concorremos a quatro concuros para a Albigec e a outro para a Câmara Municipal de Castelo Branco. Tiveram sempre o "cuidado" de nos avisar "para quem era"... e não é que bateu sempre certo! (Câmara Municipal, Canteiro, e duas vezes para o Cargaleiro).
Não, não é caso único!! Sabemos bem que não! O que não desculpa!
E nem sequer souberam engendrar "a coisa"... erros atrás de erros (quanto às funções, às habilitações, falta de qualificação do júri, erros bibliográficas crassos e fobia aos intelectuais...) levaram a anular dois deles!
Que custos para o erário público(publicidade foi paga nos jornais)?
Incompetência administrativa. Que custos para a credebilidade da administração local?
E as mentiras? "anulámos o concurso porque o espólio já que vamos receber já estava tratado e já não precisamos de ninguém" (vereador Luís Correia)... passam uns meses e um concurso vergonhoso, dizendo seleccionar para outro local, afinal era para o Cargaleiro! Depois de afastados (com a manobra, já que pretendia apenas um vendedor de loja) os licenciados "os licenciados ficam muito caros, não são produtivos" (afirmação do Presidente Morão, sem curso superior, ele sim produz muito, obras que faz e refaz, e faz e refaz...), e o vencedor anunciado (à terceira, ganhou mesmo)!
Outro caso gritante, o caso da contratação de professores o que é a "Oferta Escola" senão uma vergonha total? Os horários na gaveta! Venha de lá a municipaliação da educação...

É uma chatice quando a malta não se vende! Não sabem como reagir!

Venham de lá essas balas!!

7:35 PM

http://republicalaica.blogspot.com/2009/03/concursos-e-albigecos-i.html#comments

P.S.
O Sr. Manuel Eusébio deveria retirar a candidatura enquanto é tempo! Vai ser penoso assistir ao frete a que está obrigado...